Agenda

Alopecia frontal fibrosante: conheça a doença

Alopecia frontal: perda dos cabelos e aumento da testa

Hoje vou falar sobre alopecia frontal fibrosante. Você já ouviu falar sobre essa doença?

Nós estamos vivendo uma epidemia de casos de frontal fibrosante.

Todos os dias cresce o número de procura com essa doença.

O que é alopecia frontal fibrosante?

Ela acomete normalmente mulheres de variadas faixas etárias, desde mais jovens até mais velhas.

Elas vão perdendo lentamente a linha de implantação capilar, ou seja, há um recesso da linha de implantação capilar e os cabelos vão sendo jogados para região posterior.

Esses cabelos são destruídos pelo próprio organismo e isso é irreversível.

Ainda não se sabe as causas.

Os cabelos perdidos não voltam a nascer, por isso falamos em uma alopecia cicatricial.

Sintomas e diagnóstico

É importante você conhecer esse tipo de alopecia para saber identificá-la e procurar de forma precoce um dermatologista, especialista adequado e habilitado a tratar das doenças de cabelo e do couro cabeludo.

Quanto antes fizermos o diagnóstico, melhor vai ser a condição estética e de qualidade de vida dessa paciente.

Os tratamentos não são capazes de reverter a doença, mas são capazes de estabilizar a sua progressão e melhorar alguns outros sintomas que aparecem conjuntamente.

Algum tempo antes da queda de cabelo normalmente as pacientes apresentam a alopecia de sobrancelhas e muitas vezes ninguém dá bola.

Tem gente que acha que a sobrancelha está falhando porque tira errado ou muito.

Mas se a sua sobrancelha vem caindo, pode ser um sinal precoce da alopecia frontal fibrosante, então consulte um dermatologista.

Quando a gente faz diagnóstico nessa fase mais precoce a chance de evitarmos a perda dos cabelos na região do couro cabeludo é muito maior.

O diagnóstico dessa doença é feito através de biópsia.

Outros sinais da doença

Então procure um dermatologista sempre que você achar que tem alguma coisa errada com o cabelo ou com a sobrancelha.

Na frontal nós também observamos alteração de textura da pele, algumas manchinhas que se parecem com melasma, aquele melasma que você trata, trata, trata e não melhora.

Será que é melasma ou será que ele é uma manifestação da alopecia frontal fibrosante?

O dermatologista não cuida só de estética, cuida do indivíduo como um todo.

Ele vai tratar, vai deixar a pele mais bonita, vai cuidar da autoestima, mas vai também cuidar da sua saúde.